A nossa missão

Junte-se a Nós

Quem é a APN

A ideia da Associação começou a ganhar forma em Setembro de 1991, quando um grupo de pais sentiu a necessidade de se unir. Nessa altura, a informação existente era muito dispersa e pouco disponível. Começaram então a ser dados os primeiros passos para que a APN fosse oficialmente criada, o que aconteceu a 15 de Junho de 1992.

Desde logo, foi sentida a necessidade de chegar ao maior número de pessoas atingidas. O conhecimento das várias patologias e das suas causas que, na época, começou a dar sinais de evolução, criou nos fundadores uma enorme esperança no futuro. Desenvolveram-se então todos os contactos com a nossa congénere francesa AFM (Association Française contre les Myopathies), já instalada no terreno e com uma experiência direccionada para a investigação e os cuidados às famílias.

LogoAPNsfundoEm busca de uma imagem que pudesse representar o nosso universo, um artista plástico propôs um Logótipo a que todos chamaram uma flor mas que, afinal, carecia de “uma memória descritiva” para que fosse compreendido. A interpretação gráfica representava um útero e a imagem em corte de um cérebro. O início da vida no útero materno e a incerteza do desenvolvimento neurológico do ser humano. Estava dada a explicação para a “flor” inicial. Guardaremos sempre este nosso primeiro símbolo como a nossa primeira imagem de marca.

A APN foi, finalmente, reconhecida como IPSS e de Utilidade Publica em 5 de Fevereiro de 2000. Actualmente conta com mais de 1800 sócios dos diferentes horizontes ligados às doenças Neuromusculares – doentes, familiares, médicos e técnicos de saúde -, e conta também com inúmeros amigos que querem colaborar. É de âmbito nacional e tem a sua sede provisória no Porto.

Fruto das mudanças que a Direcção pretendeu impor, como forma de demonstrar a actividade e o dinamismo da Associação, procurámos dar um sinal de modernidade para a nova campanha de comunicação que, nessa altura iniciámos. Em colaboração com a CAETSU, empresa de comunicação, parceira da APN, que se disponibilizou para nos ajudar a enfrentar a mudança, partimos em busca de um novo símbolo. Aqui fica o seu significado. Clique para ver o vídeo e ouvir o som.

Ao longo do ano 2017, celebrámos os nossos primeiros 25 anos com diversas atividades e a participação em múltiplas Conferências, Workshops, Congressos, entre outras iniciativas, a nível nacional e internacional. Queremos continuar a, já longa caminhada, em defesa dos neuromusculares!
25 anos-03

 

MISSÃO, VISÃO E POLITICA DA QUALIDADE DA APN

Missão

A A.P.N. tem como missão:

  1. Criar melhores condições de vida aos portadores de doença neuromuscular, ou outra equiparada, apoiar o seu bem-estar assim como o dos seus cuidadores, ou familiares.
  2. Promover os seus direitos.
  3. Facultar-lhes auxílio material, moral e técnico.
  4. Promover e lutar pela facilidade de acessos às habitações e lugares públicos.
  5. Sensibilizar a opinião pública e os poderes públicos para os problemas dos portadores destas doenças no seu dia-a-dia.
  6. Apoiar a pesquisa médica e divulgar os resultados que vão surgindo.

Visão

A A.P.N. tem como visão:

  1. Criar e manter centros de atividades ocupacionais que visem proporcionar aos sócios:
    • A realização de atividades socialmente úteis e estritamente ocupacionais;
    • O apoio técnico permanente nos planos físico, psíquico e social;
    • A participação em ações culturais, gimnodesportivas e recreativas.
  2. Promover ações para a angariação de sócios.
  3. Organizar atividades diversas com vista à angariação de fundos.
  4. Elaborar e difundir documentação sobre as doenças neuromusculares.
  5. Promover debates sobre estas doenças.

Política da Qualidade

Ao estabelecer a Política da Qualidade da A.P.N. – Associação Portuguesa de Neuromusculares, pretende-se aclarar a razão da existência da organização e definir um conjunto de intenções e de ambições para o futuro, de forma a servir de inspiração para todos os associados/colaboradores da A.P.N., através da aplicação de padrões que orientem a atuação das pessoas na organização. A Política da Qualidade tem em conta os princípios estabelecidos pela Norma NP EN ISO 9001: 2015 e os princípios orientadores adotados pela A.P.N., que são incorporados na cultura da organização e se traduzem na procura constante da satisfação das necessidades dos associados e na permanente melhoria da qualidade dos seus serviços.

Assim, a A.P.N. – Associação Portuguesa de Neuromusculares deseja gerir a sua organização pela Qualidade, através da implementação de um Sistema de Gestão que expressa a sua identidade. Foi traçado um percurso para atingir a Qualidade.

Princípios, objetivos e padrões de desempenho que analisamos e avaliamos de forma a melhorar continuamente:

  1. Conhecer e satisfazer as necessidades dos nossos associados, minimizando as dificuldades e detetando em simultâneo novas oportunidades de melhoria nos serviços prestados;
  2. Rigor na seleção dos Recursos Humanos;
  3. A valorização dos Recursos Humanos, formação, realização, motivação e satisfação dos nossos colaboradores;
  4. A clareza e fluidez da comunicação/informação com os nossos associados, portadores de doença neuromuscular (DN), cuidadores, colaboradores, famílias, técnicos de saúde, parceiros e comunidade;
  5. Desenvolver esforços na otimização dos processos de prestação de serviços e atividades de suporte;
  6. Manter na instituição um Sistema de Gestão da Qualidade, segundo a Norma Portuguesa NP EN ISO 9001:2015.
  7. Cumprir com todos os requisitos legais, estatutários e regulamentares.

A promulgação da Política da Qualidade representa o compromisso da Direção em como ela é planeada, executada e avaliada com o propósito de responder às necessidades e expectativas das partes interessadas (associados, familiares, colaboradores e comunidade)

(revisão de 31-07-2017)